Um Mundo Melhor - Bosque Feliz

September 30, 2018

“para mudarmos o todo temos de ser conscientes do mundo que estamos a criar, a cada acção, a cada palavra, a cada decisão.” - Sónia Balacó

 

Este pensamento da Sónia ficou vincado na minha mente.

Falamos muito em mudar o Mundo, mas será que começamos essa mudança por nós ou a exigimos apenas dos outros? O que fazemos então pelo Mundo?

 

Eu acredito que ainda estamos a tempo de cuidar muito bem deste Mundo, por muitos mundos que haja dentro dele. Acredito que podemos caminhar para o respeito, a harmonia e o amor entre todos.

Mas sei que a mudança começa em cada um de nós, não nos outros, mas em nós.

 

Assim decidi convidar pessoas que admiro, com projectos que admiro, que sei que começam a mudança por elas. Deixo-as aqui como inspiração. 

 

Os convidados de hoje são a equipa do Bosque Feliz, uma loja dedicada a uma vida eco-sustentável, onde o grande destaque vai para brinquedos de madeira. Tal como o Bosque Feliz, acredito que a base de tudo é a educação.

 

Eu sou o produto da soma das minhas experiências de vida, a coleção de momentos, de sorrisos, de vivências e de memórias. 

Sou mãe.

Sou Mulher.

Sou empreendedora. 

Sou lutadora. 

Sou ativista.

Sou uma apaixonada pela vida. 

Eu amo pessoas, falar com elas, interagir. E acima de tudo as fazer sorrir. 

Gosto de partilhar os meus conhecimentos e de acrescentar energia positiva por todos aqueles com quem convivo, direta e indiretamente.

Gosto de deixar as pessoas com quem estive, um pouco mais sorridente, um pouco mais feliz, do que estavam antes de estar comigo. 

Coloco sempre amor e dedicação em tudo o que faço. 

Amo os meus filhos e a minha família, vivo para eles e alimento-me desse amor que construímos juntos. 

 

  • O que significa “viver” para ti?

Viver é sentir a vida nas pequenas coisas. 

É olharmos para dentro. Sentir aquela energia e felicidade que vem de dentro. 

É entendermos, nos momentos mais difíceis, de que aquele momento é passageiro. 

Para mim, Viver são as pequenas coisas, os momentos, as memórias e a interação com as pessoas. 

Não consigo visualizar o acto de “estar viva” sem energia, sem convivência com outros seres humanos. 

O viver para mim está no fazer o trabalho que faço, no ir até a praia com a minha filha, ter uma conversa “cabeça” com o filho mais velho, passear nos fins-de-semana, namorar o marido. 

E fazer parte e interagir no espaço em que vivo, com as pessoas que amo. 

 

  • O que tem a Vida de mais belo?

O sorriso de quem amo. 

A felicidade deles, simples e pura. 

A risada da mais nova, distribuindo boa disposição; as gargalhadas do mais velho quando começa com as suas divertidas palhaçadas; o marido a dançar, sorrindo e bem disposto. 

 

  • Partilha connosco duas dicas para que possamos sorrir todos os dias?

Estarmos atentos aos pequenos detalhes. Não nos limitarmos a sorrir apenas com aquilo que queremos, mas sorrir com o que a vida nos dá. 

Não deixar passar as pequenas oportunidades e abrirmo-nos para a vida. 

Sorri a dizer um “olá” ao vizinho, mas sorri com a alma e não com a mente. 

 

Experimentem falar com alguém no telefone a sorrir e outra a fazer cara de frete… quando está a sorrir, a energia transborda e transparece na voz. Sorrir é mesmo o melhor remédio. 

 

  • Quais são para ti os 3 maiores problemas do Mundo?

Infelizmente, vejo muito mais do que 3, irei numerar de todos os mais “gritantes”:

  1. Crianças a sofrer - pessoas a sofrer, seja pela fome ou pela guerra. Se eu pudesse eu mudava o mundo. Sei que muitos partilham desse sonho. E se sozinho não conseguimos, então temos que nos unir e aos poucos fazemos a diferença; porque mais vale fazer a diferença aos poucos, do que não fazer diferença nenhuma. 

  2. O desrespeito pela Natureza e pelo Planeta. Essa falta de consciência ambiental. A inércia das pessoas perante a urgência na mudança de atitudes. 

  3. A falta de amor e respeito ao próximo. Enxergamos o ser-humano para além das nossa idiossincrasia. Aceitarmos as diferenças e abraçarmos a individualidade e escolhas de cada um. 

Todos os problemas acima têm como base a educação. Por isso, para mim é tão importante focarmo-nos nas crianças. Eles são a geração responsável pelas decisões daqui a 20 anos. 

Se queremos mudar o mundo, temos que olhar também pela forma como educamos as nossas crianças. 

 

  • Indica 3 gestos diários que podem tornar este um Mundo melhor.

Utilizar champôs sólidos e comprar produtos com menos embalagens descartáveis, levar comida de casa na sua marmita sustentável e levar sempre consigo uma garrafa reutilizável. 

 

  • Qual é a Causa que mais apela ao teu coração?

A educação das crianças, sem dúvida. Melhorar a forma como educamos os nossos filhos, com maior consciência ambiental, porque assim, para eles, não será preciso fazer a mudança ou substituições de atitudes, será automático cuidar do ambiente, utiliza materiais sustentáveis, comprar de forma consciente e fazer menos lixo.

 

  • Inspira-nos: 1 livro, 1 filme, 1 música

 

1 livro - O Pequeno Príncipe

Pode parecer cliché, mas acho que todos os adultos deveriam voltar a ler o livro o Pequeno Príncipe e dissecar os personagens, situações, frases e as diferentes analogias das experiências do Pequeno Príncipe.

O que tem faltado aos adultos é a capacidade de dar valor às pequenas coisas e entender que são os pequenos gestos que iniciam grandes revoluções; são as pequenas mudanças que desencadeiam os acontecimentos e são as pequenas decisões que poderão também vir a mudar o mundo. 

 

1 filme - The 11th Hour (2007)

Essas escolhas de “1” são sempre tão difíceis, porque sendo uma soma de várias músicas, vivências e experiências, há tantos livros e músicas que me inspiraram ao longo da vida… 

Temos que falar sobre soluções para os problemas. 

 

1 música - The Gael - Last of the Mohicans

Eu amo música de todos os géneros e depende sempre do estado de espírito, mas esta é uma musica que marcou muito a minha adolescência, nos meus momentos de introspecção e crescimento. Ela é inspiradora para mim. Vejo a natureza, sinto força… acho linda. 

 

Outra que também me marcou muito, uma vez que fui uma mãe adolescente e solteira foi a música da Des'ree - You Gotta Be 

 

Joana e Loki (I’m the fox),

 

 

Equipa Bosque Feliz

 

 

Que palavras inspiradoras. 

As crianças aprendem por exemplo, por isso é tão importante que pensemos os gestos que lhes estamos a mostrar. Obrigada por esse alerta! 

Que o futuro seja cheio de sorrisos, de brincadeiras, de respeito, de cuidado e harmonia.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Outside Lisbon Tours - discover more of Portugal

November 29, 2019

Lisbon's classics - The Heart of Lisbon Tour

November 28, 2019

1/15
Please reload

You Might Also Like: