A Agenda - 08 a 14 de Maio

May 8, 2017

Esta semana convidei o colectivo Carne, Só Viva para criar a "Agenda".

 

Quem são eles? São uma dupla de pessoas bonitas, por fora, mas mais importante ainda, por dentro. Duas pessoas que se importam com este mundo, com o outro, com a vida, com o ser e sentir, que criam, constroem e inspiram.

Recentemente lançaram o seu website:

"Carne, só viva é projecto multidisciplinar de ilustração, design, fotografia, investigação, reflexão e consciencialização sobre os prazeres da carne, o prazer sem carnes e outras estórias. Made in Lisbon."

 

 Aqui ficam as sugestões:

 

Segunda, dia 08 Maio - almoço no Miss Saigon 
Haverá melhor maneira de começar a semana do que um almoço no Miss Saigon?
Estarem abertos apenas em dias de semana às horas de almoço pode ser um
pretexto perfeito para fazer alguma coisa de diferente e estimulante durante o dia de
trabalho. E com sorte ainda se tem tempo para dar um belo passeio à beira do rio,
para recarregar as energias para o resto do dia. Todos os dias tem três pratos do dia
diferente.

Reserva com antecedência um prato de degustação e delicia-te com o
que te calhar na rifa. Se fores neste dia, podes contar com um biriani de tofú,
medalhões de quinoa e leguminosas com vinagrete de algas e salicórnia e seitas à
marroquina.

 

 


Terça, dia 9 Maio - World Press Photo 
Só perdemos se não tivermos outra hipótese. Ir à WPP é sempre um tiro no escuro,
mas daqueles que não matam, só moem. Vamos sempre com um misto de vontade
querer ser abalados e ao mesmo tempo maravilhados pelos mil espectros opostos
contidos neste pequeno nosso mundo. Aberto até às 18:00

 

 


Quarta, dia 10 Maio - “Amor Amor”, Indie Lisboa - 11:00 Culturgest, PA 
“Tudo se passa num único dia, o último do ano. No dia seguinte, é possível a
mudança.” Sugerir um filme que nunca se viu é sempre um tiro no escuro. A sinopse
pouco nos diz, no entanto sabemos isto: é português, tem um elenco que dá gosto.
é uma comédia, mas também é dramática, passa-se num único dia, e é sobre amor.

 

 


Quinta, dia 11 Maio -“Sr Ibrahim e as flores do Corão” - 21:30 Teatro Meridional
Em Paris, nos anos 60, Momo, um rapazinho judeu de onze anos, torna-se amigo
do velho merceeiro árabe da rua Bleue. Mas as aparências iludem: o Senhor
Ibrahim, o merceeiro, não é árabe, a rua Bleue não é azul e o rapazinho talvez não
seja judeu.
Desde 2012, esta é a 4ª vez que o Meridional nos leva a viajar com este texto de
Eric-Emmanuel Schmitt. Miguel Seabra faz-nos sair da sala a sentir que vimos duas
personagens em vez de uma, que vimos um filme todo a passar à frente dos nossos
olhos, que vimos uma criança e um velho, a viajar, a dançar no meio dos dervixes, a
criarem uma relação que não se encaixa em gavetas, quebra convenções, cala
vozes, derruba barreiras e enche corações.

 

 


Sexta, dia 12 Maio - Empowerment Talks- Revolucione as suas emoções, 21:00 FNAC Oeiras
Parque 
A escola de alta performance DeRose Method promove uma conversa calorosa e
muito elucidativa sobre o poder da emoção, defendendo que, quando é bem gerida,
conseguimos torná-la num verdadeiro catalisador do sucesso em todas as áreas da
vida.
O contrário também é verdade. Ao deixá-la sem gestão, os resultados podem ser
desastrosos. Ao aplicar, no seu dia a dia, alguns dos conceitos de gestão emocional
que vai poder aprender nesta conversa, vai começar o seu caminho na alta
performance emocional e no aumento da qualidade de vida.

 

 


Sábado, dia 13 Maio - Novo mundo — visões através da bienal iberoamericana de diseño.
2008-2016 - MUDE fora de portas
- Palácio Calheta 
Há males que vêm por bem, e se o MUDE não estivesse ainda em obras, não
teríamos a oportunidade de conhecer este espaço. Situado no centro do lindíssimo
Jardim Botânico Tropical em Belém, é um excelente pretexto para ir dar um passeio
e passar pela exposição, ou vice-versa. No âmbito de Lisboa, capital iberoamericana
da cultura, esta exposição apresenta projetos e serviços selecionados,
de mais de 100 designers oriundos de 22 países, privilegiando mais o pensamento,
a palavra, o projeto e a responsabilidade ética de cada designer, do que o produto
final. Quer mostrar o design como verbo (como prática e compromisso), expondo as
convicções, intenções, expectativas e metodologias defendidas pelos diferentes
autores. É um espaço de reflexão sobre o nosso mundo, o interculturalismo do
espaço ibero-americano e o próprio processo curatorial que a construiu, na medida
em que este permite debater alguns estereótipos e preconceitos que ainda
persistem.

 

 


Domingo, dia 14 Maio - Da Ovelha ao Tear - Quinta do Pisão de Cima, Cascais 
Afastando-nos um pouco do centro de Lisboa, sugerimos um programa para toda a
família em Cascais. Numa sinergia entre forças poderosas num lugar muito
especial, numa tarde de Domingo podem ter a oportunidade de acompanhar o
processo de confecção da lã desde o momento da tosquia e aprender os primeiros
passos nas várias formas de a trabalhar. Tosquia do rebanho da Quinta do Pisão
(raça autóctone Campaniça) e oficinas abertas de fiação, feltro, tinturaria e tecelagem para experimentar em família.

And last, but not least, é grátis :)

 

 

Obrigada Catarina e Pedro por estas sugestões!

Uma semana em cheio.

 

Já sabem: divirtam-se! Vivam a Vida!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Lisbon's Vegan Tour

January 20, 2020

Vegan Concierge - Lisbon

January 19, 2020

1/15
Please reload

You Might Also Like: