Panda Cantina - ir lá fora cá dentro

Num ano que nos fez viajar muito mais cá dentro do que lá fora, acredito que muitas pessoas que não tinham o hábito de ficar em Portugal, terão algumas saudades da sensação de estar noutro lugar, onde o ambiente é mesmo diferente de nós, onde a língua é outra, onde o pensar é outro, onde a ideia de viajar para conhecer o outro se torna mais latente.

Pois, eu que amo viajar em Portugal, também amo viajar fora dele, e foi tão bom, quando a Edna me levou a conhecer o Panda Cantina.

Este pequeno restaurante já está em Lisboa há alguns anos, mas só agora ali entrei... e que maravilha.

Senti-me na China, porque o ambiente ali recriado nos leva até lá. Não numa China que os outros restaurantes chineses em Portugal nos habituaram, mas na China que imagino que exista hoje em dia.

O espaço é pequeno, e com as restrições do Covid19 ainda mais pequeno ficou, no entanto, isso não demove os clientes, que esperam sem problema algum durante 30 minutos, se assim for preciso. Ali chega-se, dá-se o nome, espera-se a vez, escolhe-se logo a bebida, o prato e a sobremesa e depois sentamo-nos.

Porquê? Porque existe apenas um prato - Ramen, na vertente de 2 tipos de carne e na vertente vegetariana/vegana. Ao Ramen podem acrescentar picante ou não (do 0 ao nível 5). A sobremesa varia entre 2 tipos de gelado e uma gelatina bem especial e já está!

O valor final é mais do que justo, aliás, quase pensamos que não é mais possível nos dias que correm.

Por isso se ainda não conhecem é ir até à Rua da Prata.

la.petite.sardine.tour.guide instagram

#ateiadaguia

You Might Also Like: