Viana do Castelo - escapar

April 29, 2019

Viana do Castelo é uma cidade rica em história e em charme português.

Na foz do rio Lima e aos pés da colina de Santa Luzia irão descobrir história (desde os primórdios da Nação, passando por uma fase rica dos Descobrimentos Portugueses à ligação tão próxima à pesca do bacalhau), tradições (da arte da filigrana aos trajes e procissões), arquitectura (do manuelino até ao mais contemporâneo, com edifícios desenhados por Souto Moura ou Siza Vieira) e natureza (campo ou mar, a escolha é vossa).

 

 

Saímos de Lisboa, numa sexta-feira, perto da hora do almoço e chegamos ao fim do dia a Viana. Decidimos aproveitar ainda o fim de tarde e visitar o Navio-Hospital Gil Eanes. Que surpresa fantástica.

Ancorado no rio, com vista sobre a cidade, entramos sem perceber que iriamos descer andares e andares. A cada novo lanço de escadas lançavamos um, "como é possível?!". Construído em Viana do Castelo, em 1955, este navio apoiou, durante décadas, a frota bacalhoeira portuguesa que actuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia.

Aqui visitamos os quartos, a cozinha, a adega, a capela, as salas de exames, de operação, de análises - um verdadeiro hospital na água!

 

 

 

 

 

 

De seguida atravessamos o rio para passear um pouco pelo centro da cidade - percorremos as ruas das lojas e sentamo-nos para disfrutar do bom tempo na Praça da República, com o seu histórico Chafariz, os Paços do Concelho e o Edifício da Misericórdia e Igreja.

 

Após uma francesinha vegana no Pimenta Doce , atravessamos a ponte Eiffel, inaugurada a 30 de Junho de 1878, em plena época da arquitetura do ferro (a ponte metálica sobre o rio Lima veio não só permitir o tráfego ferroviário, como também substituir a velha ponte de madeira que ligava o terreiro de São Bento em Viana à margem esquerda do rio Lima - Darque) para nos dirigirmos ao nosso hotel - Feel Viana, um pequeno paraíso!

 

O Hotel Feel Viana foi o oásis do nosso descanso. A precisarmos de recarregar energias, aqui passamos todo o nosso sábado, com a excepção do regresso à cidade para observar o pôr do sol da Basílica de Santa Luzia (o templo do Sagrado Coração de Jesus, um excelente exemplo de arquitetura revivalista congregando de uma forma monumental, mas harmoniosa, elementos neorromânicos, neobizantinos e neogóticos, da autoria de um dos arquitetos de maior projeção nacional e internacional na época, o alto-minhoto Miguel Ventura Terra) e jantar no Cerqueira's Lounge and Restaurant (um prego e um hamburguer vegan, seguidos de uma tarte de maçã vegan que bem deliciou os nossos estômagos!).

 

 

 

Domingo, antes de regressarmos a Lisboa, visitamos o Museu do Traje, instalado no antigo edifício do Banco de Portugal. Este museu dá a conhecer a riqueza etnográfica dos tradicionais trajes vianenses. O espólio exposto compreende, também, os utensílios utilizados para a confecção artesanal de peças de vestuário. Além da exposição permanente "A lã e o linho no traje do Alto Minho" e "Oficina e Sala do Ouro", o Museu do Traje realiza inúmeras exposições temporárias.

 

No regresso a Lisboa, optamos por fazer os primeiros 60Kms pela estrada nacional e paramos na Igreja de São Bartolomeu do Mar em Esposende. Construída entre 1909 e 1912, aqui realiza-se todos os anos, no dia 24 de Agosto, uma romaria à praia, onde as crianças tomam o "banho santo".

 

 

Quer venham em família, com amigos ou com aquela pessoa especial, aconselhamos vivamente a ficarem no Hotel Feel Viana! O difícil será ter vontade de sair de lá!

Um eco friendly hotel, muito direccionado para amantes do desporto ou de spa, super bem preparado para receber crianças, este hotel é um oásis para gastar e recuperar energias!

 

A arquitectura só por si é lindíssima, todo construído em madeira, lembra os edifícios nórdicos. Salas amplas, quartos amplos, varandas, ora com vista para o parque, ora para a praia.

Aqui podem alugar bicicletas e tudo o que esteja ligado a desportos aquáticos, pois situa-se a meia dúzia de passos da lindíssima praia do Cabedelo.

O pequeno almoço... é uma delícia (com aviso antecipado, preparam opções vegan), mas as refeições principais também.

A piscina interior é um mimo e a cereja no topo do bolo... o spa! 

Não me lembro de uma massagem tão boa, tão eficaz, nos últimos tempos!

Iremos voltar de certeza!

 

 

 

 

Divirtam-se.

Descubram Portugal!

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Outside Lisbon Tours - discover more of Portugal

November 29, 2019

Lisbon's classics - The Heart of Lisbon Tour

November 28, 2019

1/15
Please reload

You Might Also Like: