Tradições/Superstições de passagem de ano

O final do ano é um rebuliço de emoções.

Apegados à ideia de que essa meia noite tem um poder especial, temos tendência em Dezembro de reavaliar a nossa vida, as nossas acções, vivências, concretizações, sonhos, emoções, pensamos e repensamos aqueles desejos feitos em Janeiro.

E voltamos a desejar, a prometer, a dizer "agora é que é".

Com vontade que todos esses sonhos se realizem decidimos até, meio a sério, meio a brincar, cumprir certas tradições/superstições:

- comer 12 passas ao mesmo tempo que pedimos 12 desejos, símbolo dos meses do ano;

- bater tachos e panelas para afastar os maus espíritos, o negativo;

- segurar dinheiro para atrair mais dinheiro;

- vestir azul para trazer boa sorte, vermelho para trazer amor ou amarelo para afastar problemas financeiros;

- brindar com champanhe, pois nas civilações antigas o álcool era considerado fonte de vitalidade e saúde;

e tantas outras coisas.

No dia 1 há quem dê o famoso mergulho no mar, a relembrar o acto dos baptismos, da limpeza pela água.

O que fazem vocês?

Eu como as passas e adoro bater os tachos e panelas, é uma gargalhada geral entre a família e confesso que no momento de pedir os desejos só consigo sempre pensar em saúde e amor, pois tendo estes dois, acredito que podemos lutar por tudo o resto.

Feliz 2019, e que todos os dias sintam a vontade, a força, a energia, a positividade desta meia noite de 31 de Dezembro. Pois a vida é todos os dias, não é em marcos de calendário.

You Might Also Like: