História da Cristina Teixeira - O que é que esqueceu?

October 21, 2018

Hoje queria falar de uma situação que seguramente já tocou à maioria dos guias: objectos esquecidos!


Quantos de nós não tiveram de lidar com esta situação? Arriscaria dizer que quase todos os guias já fizeram de Santo António dos objectos perdidos...


Muitas vezes são muito valiosos, como documentos, telemóveis, carteiras, etc. Outras vezes não são assim tão importantes mas fazem seguramente falta à pessoa que o esqueceu.
Pois é de um desses objectos esquecidos que vos gostaria de falar.

 

Há uns anos, estava a trabalhar juntamente com um colega mais velho, ou seja, o grupo era tão grande que eramos 2 Guias Certificados a trabalhar em conjunto. O grupo, vinha da Universidade de Gigon, na Burgonha e eram todos professores e antigos professores.


Quase no final do circuito, já ao fim do dia, uma pessoa do grupo do meu colega, uma senhora na casa dos 60 anos bastante bem arranjada e com um ar distinto, aproxima-se de mim e pede-me para falar comigo em privado.

 

Achei estranho já que fazia parte do grupo do colega e não do meu, mas acedi. A senhora começa por se desculpar por se dirigir a mim e não ao colega, mas como era mulher poderia compreender melhor a situação.

 

Fiquei intrigada mas coloquei-me de imediato à sua disposição para ajudar no que fosse possível. A senhora, com alguma dificuldade e embaraço lá acabou por dizer que tinha esquecido algo no hotel, algo que lhe fazia bastante falta e precisava urgentemente de recuperar.
Imaginam o quê?


Pois é, a pobre senhora, com o seu ar distinto e elegante, tinha-se esquecido da sua dentadura no quarto de hotel.


Infelizmente estavamos já no final do circuito e a senhora não pode recuperá-la em Portugal. Mas esta história tem um "happy ending": alguns dias mais tarde, já em casa, conseguiu reencontrar-se com os seus «dentes». E ficou tão contente e agradecida com o respectivo reencontro que me enviou um conjunto de livros da sua região, um delicioso «pain d’épices» e licores feitos pelos monjes cisterciences.


Moral da história: antes de sair do hotel, quando perguntamos ao grupo se esqueceram o telemóvel, roupa, documentos, etc, não podemos esquecer também de perguntar se todos têm a respectiva dentadura...


Eu tenho um segredo infalível, se estiver com um grupo acessível e bem disposto, depois de perguntar se esqueceram de algo peço sempre para sorrirem, assim posso comprovar que todos a têm ou não... Permite começar o dia com uma bela duma gargalhada e asseguram-se que não fica esquecida!

 

 

Obrigada Cristina!

Não me vou esquecer desta história na próxima vez que perguntar se não deixaram nada no quarto do hotel hahahahahaha

 

Imagem: Blog da Tin

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Entrevistada para Life & Style

October 15, 2019

Quando viajares pensa nisto:

October 15, 2019

1/15
Please reload

You Might Also Like: