Grupos que aquecem o coração!

Estes dias tiveram de tudo um pouco, de sol a chuviscos, com muito vento todos os dias. Fomos de Cascais a Lisboa, visitando locais fora do típico percurso destas cidades, museus "fora da caixa", percursos a pé diferentes, um programa desafiante, mas que por isso mesmo fez-me gostar muito dele. E não fui só eu que gostei! Vindos do mundo inteiro, da Nigéria à Coreia, passando pelo Brasil e a Austrália, estas pessoas chegaram com curiosidade sobre Portugal e adoraram. Muito simpáticas, interessadas e com muita vontade de apreciar a vida. Custou-me um pouco dizer-lhes adeus, porque ao fim de uns quantos dias já sabemos um pouco mais das suas vidas, já percebemos as suas personalidades, já sabemos como brincar, o que lhes interessa, já contamos um pouco de nós e criamos um laço. Os agradecimentos, o ouvir constantemente "Cátia, Cátia", foram muitos, mas eu é que agradeço, porque são grupos assim que me fazem sentir que estou no sítio certo. Aquele misto de brincar e de ensinar, aquela sensação de missão cumprida. O primeiro desafio foi explicar o Museu Paula Rego, uma arte que gera sempre sentimentos tão controversos. As discussões no final foram uma delícia.

E o último, foi enfrentar um dia e uma noite de vento bem forte!!! Mas a equipa tornou isto tudo possível. Aqui fica para a eternidade o momento no Cabo da Roca!

You Might Also Like: