Calçada Portuguesa

February 28, 2017

A ideia dos primeiros pavimentos surgiu nos finais dos século XIII inicío do XIV com pedra retirada do Tejo, mas esta era de pouca duração. Já no século XVI com rei D. Manuel pavimentou-se a Rua Nova dos Mercadores com granito vindo do Porto. Após o terremoto com a renovação da cidade surgiu então a primeira calçada portuguesa.
No entanto o grande responsável pelos pavimentos como conhecemos hoje foi o Tenente - General Eusébio Furtado, a meio do século XIX. O trabalho foi realizado por prisioneiros e a primeira zona a ser pavimentada foi do Rossio até à Avenida da Liberdade.
Foi de tal modo apreciada, que rapidamente espalhou-se por todo o país e mesmo para o exterior.
Aos poucos foi-se apurando o sentido artístico aliado à funcionalidade e os mestres calceteiros tornaram-se artesãos reconhecidos.
A calçada é feita originalmente de calcário e basalto, a pedra branca e preta.
Existem três tipos principais de disposição da mesma: o quadrado (pedras de 5cmX5cm dispostas em forma simétrica); sextavado (forma hexagonal) e o malhete (pedras regulares e irregulares dispostas de forma arredondada). A pedra vinha de Monsanto e das regiões de Alcobaça e Porto Salvo. Quando se utilizava o calcário negro, esse chegava de Mem-Martins.
O servente começa por fazer um buraco de 8cm que é depois coberto até meio com areia, depois o calceteiro coloca o molde que depois é retirado e preenchido com a pedra. De seguida a superfície do pavimento é lavada e molhada e o pilão termina nivelando a pedra com o maço. 
Os motivos dependem da imaginação do artista, mas estão normalmente ligados à história, lendas, folclore ou desenhos geométricos, florais, ondas ... 
Ficamos a saber também que numa rua em que se utilizavam as duas pedras, essa seria uma rua principal.
Em 1927 existiam 400 calceteiros e em 1997 apenas 15. 
Esperemos que não venha a ser esquecida, mas sim preservada.
Fica aqui um exemplo destes trabalhos que se encontram por baixo dos nossos pés. 
Quem sabe descobrir Lisboa ou Portugal através da calçada não é um passeio diferente?
Onde estará esta borboleta?
:)

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Entrevistada para Life & Style

October 15, 2019

Quando viajares pensa nisto:

October 15, 2019

1/15
Please reload

You Might Also Like: